Suspeito de participar da morte de parente de Aécio Neves é preso na Paraíba

Uma ação conjunta das polícias civis da Paraíba e do Rio de Janeiro prendeu, na quinta-feira (10), no município de Mogeiro, no Agreste paraibano, um suspeito de envolvimento no assassinato da empresária Ana Lúcia Neves, que era esposa de um primo do deputado Aécio Neves.

O crime aconteceu em setembro de 2015, quando Ana Lúcia chegava na academia e foi abordada por assaltantes na zona oeste do Rio de Janeiro. Conforme as informações, ela teria reagido, sofrendo disparos de arma de fogo. O homem preso na Paraíba teria fornecido a arma usada no crime.

“Mantivemos contatos constantes com os policiais do 21º DP do Rio e conseguimos localizar o paradeiro desse investigado, aqui na Paraíba, cumprindo o mandado de prisão preventiva que havia em seu nome. Conforme consultas que fizemos, ele já tem histórico de outros crimes”, disse o delegado Ramirez São Pedro.

Há cerca de um ano na Paraíba, o homem de 28 anos é natural do Ceará e estava trabalhando com transporte alternativo entre as cidades de Mogeiro e Campina Grande.

O suspeito passará por audiência de custódia nesta sexta-feira (11) e deve ser transferido para o Rio de Janeiro.

Por: Junior Queiroz em 11 de fevereiro de 2022

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.