João Azevêdo visita adutora Transparaíba e destaca importância da obra para segurança hídrica da PB

O governador João Azevêdo esteve, neste sábado (21), no município de Cubati, no Curimataú paraibano, ocasião em que inspecionou as obras da primeira etapa do Sistema Adutor Transparaíba, ramal do Curimataú, com investimentos da ordem de R$ 285 milhões, recursos próprios do Tesouro Estadual, e que beneficiará mais de 100 mil pessoas.

O chefe do Executivo estadual também realizou uma visita técnica às obras de implantação e de pavimentação da PB-167 (Cubati-Sossego). Com 21 quilômetros de extensão, estão sendo investidos na rodovia R$ 24 milhões, também com recursos próprios. Investimentos que trarão melhores condições no escoamento da produção regional e na modernização na infraestrutura rodoviária do Estado.

Na ocasião, João Azevêdo destacou que o Sistema Adutor Transparaíba é a principal obra hídrica do Estado e sua consequente importância para a segurança hídrica dos paraibanos. “A adutora Transparaíba significa a redenção do Curimataú paraibano. Essa obra está num ritmo intenso, e estamos trabalhando em três frentes: na estação de tratamento, que fica em Boqueirão; um pequeno trecho que falta para fechar a adutora e chegar até Soledade.  E estamos trabalhando na adutora, a partir daquele ponto, de Cubati até Sossego. Agora em dezembro, teremos a estação de tratamento de Boqueirão pronta; a adutora de Boqueirão até Soledade também pronta, já melhorando  as condições de abastecimento mesmo antes de a adutora estar concluída”, afirmou, ressaltando que o restante da adutora de Soledade até Frei Martinho ficará pronto em dezembro do próximo ano.

“Mudar a vida das pessoas para melhor. Esse é o objetivo de quem faz gestão pública.  E é movido por esse sentimento que a gestão que eu represento investe em diversas áreas, fez convênios com 213 municípios, onde vivem as pessoas que precisam da atenção do Estado”, prosseguiu João Azevêdo.

Obra hídrica do Governo do Estado, a Transparaíba tem como objetivo abastecer os municípios do Curimataú paraibano com a água da transposição do Rio São Francisco. Ao todo, são 185 quilômetros de adutora de água tratada em tubulação em ferro fundido, uma estação de tratamento d’água, oito estações de bombeamento e nove reservatórios de distribuição de água.

Com vazão de 578 litros por segundo, a partir do açude Epitácio Pessoa, no município de Boqueirão, o sistema adutor Transparaíba irá beneficiar a população dos municípios de Boqueirão, Boa Vista, Soledade, São Vicente do Seridó, Cubati, Sossego, Baraúna, Picuí e Frei Martinho, totalizando mais de 100 mil habitantes.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, também falou da importância do Sistema Adutor Transparaíba. “Quando você soma o ramal do Cariri com este, que é o do Curimataú, temos a maior obra hídrica em execução no Estado. Isso vai trazer mais qualidade de vida para uma população de mais de 100 mil pessoas”, acrescentou.

O prefeito de Cubati, José Ribeiro, acompanhou a visita do governador às obras da adutora Transparaíba e agradeceu o benefício.

A prefeita de Sossego, Neide Oliveira, também agradeceu ao governador João Azevêdo os investimentos do Governo do Estado na região. “Nós recebemos os investimentos do Governo do Estado em Sossego, mas posso falar também de outros municípios da região, com muita alegria, com muita satisfação. Este é o verdadeiro sentido da boa política: melhorar a qualidade de vida da população. Sossego vai sair do isolamento, com a PB-167, e ter água encanada. Podemos dizer agora que somos uma cidade”, comentou.

PB-167 – Executada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente e pelo Departamento de Estrada de Rodagem da Paraíba (DRE-PB), a implantação e pavimentação da PB-167 contemplou, ainda, de aterro-barragem no Rio Canoas.

A previsão é que a obra seja entregue pelo Governo do Estado à população da região em dezembro deste ano. Quando finalizada, ela trará benefícios como ampliação e modernização da infraestrutura rodoviária, interligação entre os municípios da região, facilidade na produção econômica regional, redução nos custos do transporte e melhoria na qualidade de vida da população local.

Estão sendo executados diversos serviços na rodovia estadual PB-167, a exemplo de terraplenagem em cortes e aterros, pavimentação asfáltica em tratamento superior duplo (TSD), recuperação de áreas degradadas e toda a sinalização necessária para a segurança de quem vai trafegar pela estrada.

A visita técnica às obras de construção da PB-167 e à adutora Transparaíba foi prestigiada por prefeitos da região, lideranças políticas e também pelos deputados estaduais Rafaela Camaraense e Wilson Filho.

Por: Junior Queiroz em 23 de maio de 2022

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.