Temperatura sobe na Paraíba e Sertão pode registrar até 38 graus; Brasil enfrenta onda de calor

Uma onda de calor excepcional deve atingir o Brasil nos próximos dias podendo elevar a temperatura até a 45 graus. Contudo, segundo a meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), Marle Bandeira, a Paraíba não deve ser atingida por essa onda, porém com a chegada da primavera o calor deve aumentar especialmente nas regiões do Sertão e Alto Sertão do estado. 

A mudança da estação deve elevar a temperatura na Paraíba e essas regiões podem registrar calor de até 38 graus. O que, de acordo com Marle Bandeira, está dentro da média para a época. “O normal é chegar a 37 graus, no Sertão e Alto Sertão, já que é a média para o período. Pode ocorrer que chegue a 38 graus em alguns dias”, informou a meteorologista.

Este é um fenômeno natural, conforme Marle Bandeira. Ela explicou que para regiões como Brejo e Agreste os dias devem ficar mais quentes, mas as noites serão de temperaturas mais amenas. “O aumento na temperatura será gradativo. Começa com a chegada da primavera e vai se elevando com com a mudança para o verão, em dezembro”, disse. 

No Brasil

A MetSul Meterorologia adverte para um episódio excepcional de calor em grande parte do Brasil nos próximos dias. As marcas esperadas entre esta semana e a próxima vão superar em muitos os valores médios históricos de temperatura máxima em todas as cinco regiões do país com alto potencial de quebras de recordes para o mês de setembro e talvez até absolutos.

Serão vários estados em que o calor será muito intenso a extremo. A massa de ar quente vai afetar com força e marcas perto ou acima de 40ºC, por exemplo, o Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, Rondônia, Amazonas, Pará, Tocantins, Bahia, Piauí e Maranhão.

O pior do calor deve ocorrer no Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul com marcas acima dos 40ºC na maioria das cidades dos dois estados, mas que podem atingir temperaturas máximas mais extremas em particular na região do Pantanal e proximidades. Esta região do Centro-Oeste vai estar junto ao centro da grande cúpula de calor que estará concentrada entre o Paraguai e os estados do Mato Grosso do Sul e do Mato Grosso. Pontos destas áreas podem atingir marcas tão extremas como 43ºC a 45ºC nesta região do centro do domo de calor.

Com ClickPB

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Facebook
Twitter
WhatsApp