Em nota, vereadores do Congo repudiam prefeito por demissões de profissionais da saúde em plena pandemia do Coronavírus

Vereadores do município do Congo, localizado na região do Cariri Paraibano denunciaram através de uma nota de repúdio a postura do Prefeito da cidade, Júnior Quirino que em plena pandemia demitiu vários funcionários, entre eles alguns que estão na linha de frente do combate ao Covid-19.

Em nota os vereadores relatam que o Prefeito Júnior Quirino exonerou os profissionais sem justa causa, informando apenas que a gestão não precisava mais dos serviços. Entre os demitidos estão técnicos de enfermagem, enfermeiros e motorista de ambulância.

Os parlamentares ainda apontam como possível motivo para as demissões questões eleitorais no município e cobram que essas questões não devem ficar acima do principal problema enfrentado no momento que é o combate ao Covid-19.

A cidade do Congo é uma das poucas na região que já registrou morte pelo Coronavírus. De acordo o último Boletim divulgado nas redes sociais da prefeitura ainda na semana passada a cidade registrava 10 casos confirmados.

Os vereadores do município que assinaram a nota de repúdio ainda estão cobrando da gestão a criação de um Comitê Gestor de Crise e de Enfrentamento da COVID-19 e de seus efeitos, além de outras medidas que visem dá a devida transparência as medidas de gestão tomadas no município

Confira a nota

Nota de Repúdio de Vereadores às exonerações de profissionais de Saúde do município de Congo durante a pandemia do Covid-19.

Em plena pandemia do Covid-19, com o município de Congo em Estado de Calamidade Pública conforme Decreto Municipal nº 286/2020 e Decreto Estadual nº 40.194/2020. O Prefeito do Congo comete a decisão infeliz de exonerar profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus. O Prefeito exonerou sem justa causa, informando apenas que a gestão não precisava mais dos serviços desses profissionais (técnicos de enfermagem, enfermeiros, motorista de ambulância).

Nesse momento de incertezas e instabilidades o que se espera de governos centrados na saúde pública é a contratação de novos profissionais para reforço nos serviços de saúde, contribuindo inclusive para a geração de renda nesse momento de crise financeira. O que a atual gestão do município do Congo demostra com ações de exoneração de pessoal sem justa causa, é que as decisões e movimentações meramente eleitoreiras estão acima do bem coletivo e dos cuidados com a saúde pública, indo totalmente na contramão dos demais municípios.

Perguntamos ao Exmo. Prefeito, onde está a preocupação com essas famílias que perderam seus vínculos empregatícios sem nenhuma segurança trabalhista. Lamentavelmente, não é atitude que esperamos do representante do município eleito pela maioria, que demonstra despreparo para lidar com a situação de calamidade pública que se instalou, priorizando a campanha eleitoral frente ao cuidado com a população.

Nos faz sentir que os efeitos da Calamidade Pública afligem a população do Congo como um todo e não a Gestão Municipal e isso é de se lamentar veementemente.

Aproveitamos para também repudiar a falta de EPIs – Equipamentos de Proteção Individual para os profissionais da linha de frente de combate ao Covid-19. Com tantos recursos disponibilizados e algumas com flexibilização para sua utilização não tem recursos que permita essa garantia para os profissionais.

Requeremos a criação de imediato do competente Comitê Gestor de Crise e de Enfrentamento da COVID-19 e de seus efeitos, cuja exigência consta nas Leis Estaduais nº 11.695/2020 e 11.696/2020, além de outras medidas que visem dá a devida transparência as medidas de gestão tomadas neste município.

Por fim, clamamos ao Exmo. Sr. Prefeito que repense suas ações desumanas, principalmente nesse momento crítico que assola o mundo. Permaneceremos solidários à situação e ficaremos à disposição para auxiliar a todos os profissionais da saúde na garantia de seus direitos.

Lenilson Bezerra da Silva

Aderaldo Pereira Netto

Jucélio Qintans da Silva

Fabiano Fernandes de Lagos

Jorge Humberto Quirino Henrique

Congo/PB, 8 de junho de 2020.

Paraíba Mix

Por: Junior Queiroz em 9 de junho de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *