Suspeito de matar vizinho após confusão por terra é preso na região do Cariri

Um homem de 42 anos de idade foi preso suspeito de assassinar um vizinho no dia 20 de outubro. A prisão realizada pela Polícia Civil é preventiva e foi cumprida pelo Núcleo de Homicídios de Queimadas (11ªDSPC).

O crime ocorreu no sítio “Ipueiras”, em São Domingos do Cariri, interior da Paraíba. A vítima foi Inácio Virgíneo Neves de Barros, que tinha 52 anos e era conhecido como “Inácio de Marinheiro”.

Conforme apurou o Núcleo de Homicídios, tudo ocorreu por causa de “divergências em razão do uso ou acesso a um terreno na zona rural”.

O suspeito, identificado como Paulo Pessoa da Silva, era vizinho de propriedade de “Inácio de Marinheiro”. A mulher de Inácio recebeu uma parte de um terreno de herança e depois Inácio adquiriu mais duas partes de outros herdeiros.

“A vítima começou a trabalhar e melhorar os terrenos com plantações e começou a cercar os terrenos. A partir daí começaram as divergências com o suspeito. Depois a vítima proibiu que o ‘ora investigado’ transitasse por dentro do seu terreno com animais. Isso foi o estopim”, informou o comunicado do delegado Ilamilton Simplício, seccional de Queimadas.

Inácio foi assassinado a tiros. O preso é primo da mulher da vítima.

Paraíba Mix

Com Renato Diniz

Por: Junior Queiroz em 30 de outubro de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.