PREOCUPANTE: Em meio ao avanço da Covid-19, algumas gestões no cariri optam por deixar de receber gratuitamente testes de swab do estado

EXCLUSIVO: Em meio a um novo aumento de casos positivos e mortes pela Covid-19 uma das maiores estratégias de saúde no combate ao avanço da doença é a realização da testagem em número máximo de pessoas dentro de uma sociedade.

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), a realização em larga escala de exames, combinada com o isolamento social, é o caminho ideal para proteger a população da pandemia. Somente dessa forma é possível identificar os infectados e isolá-los para evitar a transmissão. Esse é o método mais eficiente, e foi usado por países, como Coreia do Sul, que conseguiu bons resultados com a testagem em massa ainda no ano passado.

As cidades do Cariri Paraibano vêm sofrendo nos últimos dias com o aumento de casos e dezenas de mortes pela Covid-19. Cada vez os números têm avançado mais rápidos e a doença fazendo mais vítimas. Apesar dessas constatações negativas uma informação levada pela Gerente Regional de Saúde, Ravena Farias chamou atenção.

Segundo Ravena, o Governo do Estado disponibiliza gratuitamente aos municípios os testes de swab e mesmo assim algumas gestões preferem não receber o produto e apenas usar os testes rápidos adquiridos pelo município, que inclusive são menos eficientes. A decisão de algumas gestões na região em não aproveitar gratuitamente centenas de testes semanais diminui o potencial de testagem do município, prejudicando o combate ao avanço dos vírus.

Ravena ainda lembrou que além de oferecer os testes a gerencia regional de saúde proporciona até curso de preparação para os profissionais de saúde realizarem o procedimento de swab. A profissional deu o exemplo positivo da cidade de Monteiro, que solicita e recebe gratuitamente por semana cerca de 450 testes, mas não citou os municípios que desperdiçam a boa oportunidade, porém confirmou que eles existem na região e todos foram comunicados.

A gerente ainda deu outro exemplo de São José dos Cordeiros que vendo a nova onda de casos na região decidiu fortalecer seu estoque de testagem e requereu a gerência além dos testes a capacitação dos profissionais para o melhor uso da ferramenta. O município também instalou a busca ativa nas residências, uma técnica muito usada atualmente e que gera bons resultados.

A ação do Governo do Estado com a distribuição de testes de swab vem sendo feita desde o ano passado. Além disso, a gerencia ainda realiza o transporte das amostras para o Lacen, evitando custos para os municípios.

Diante do constatado, algumas indagações são importantes de serem realizadas. Por que alguns municípios não querem receber gratuitamente um produto que é comprovadamente mais eficaz? Quantas centenas de pessoas deixam de ser testadas, principalmente em alguns municípios da região onde os cidadãos reclamam da dificuldade para conseguir realizar um teste para Covid-19, mesmo estando com sintomas ou tendo contato com positivados.

O TESTE SWAB

Como é feito: o material de escolha para análise é a secreção respiratória, colhida no nariz e na garganta por meio do swab, instrumento semelhante a um cotonete. 

Os resultados são seguros? Feito na janela de tempo correta, o exame tem alto grau de confiabilidade, acima de 90%, e dificilmente apresenta um resultado falso positivo.

Paraíba Mix

Por: Junior Queiroz em 24 de maio de 2021

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Um Comentário

  1. Elias Antonio Freire disse:

    A gestora deveria mencionar os nomes dos municípios que estão preferindo gastar os recursos com a compra de teste quando existem teste gratuitos a serem fornecidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *