João Azevêdo prestigia solenidade de formatura de novos soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros em João Pessoa

O governador João Azevêdo participou, nesta segunda-feira (16), no Centro de Convenções de João Pessoa, da solenidade de conclusão do curso de formação de 181 soldados da Polícia Militar (PMPB) e de oito bombeiros militares. No total, foram formados 58 soldados em João Pessoa; 15 em Guarabira; 34 em Campina Grande; 19 em Sumé; 16 em Patos; 20 em Cajazeiras; e 19 em Sousa. 
 
Na ocasião, o chefe do Executivo estadual parabenizou os formandos pela determinação e esforço e ressaltou que os novos soldados ingressam em instituições respeitadas. “As nossas Polícias são bem avaliadas e com a assinatura das promoções no evento de hoje os soldados formados já passam a receber o salário integral a partir do próximo mês, o que não acontecia anteriormente, demonstrando o nosso respeito com os profissionais, como fizemos com a redução do tempo de promoções, com a incorporação da bolsa desempenho, aumento do valor das horas extras e do cartão alimentação”, frisou. 
 
Ele também destacou os investimentos da gestão estadual para fortalecer a segurança pública. “Nós temos a melhor polícia do Norte/Nordeste e o governo tem trabalhado para garantir toda a infraestrutura e suporte necessários, como a construção do Centro de Treinamento do Corpo de Bombeiros, implantação da Patrulha Maria da Penha e BEPMotos, promoções de militares, o que tem resultado na redução dos índices de criminalidade, com a prestação de um serviço cada vez melhor à sociedade”, acrescentou. 
 
O secretário de estado da Segurança e da Defesa Social, Jean Francisco Nunes, evidenciou a responsabilidade e preparação dos novos soldados que se integram à polícia paraibana que apresenta um dos melhores indicadores do país. “Nós promovemos importantes ações para que possamos continuar no ritmo intenso de trabalho integrado das Polícias Militar, Civil, Penal, bombeiros e Detran para continuar garantindo segurança para nossa população e a chegada de novos policiais militares e bombeiros militares representa um reforço relevante para que a gente possa continuar implementando novas operações”, declarou. 
 
O comandante geral da Polícia Militar, coronel Sérgio Fonseca, destacou que os novos soldados irão fortalecer o policiamento e as operações em diversos municípios. “Eles chegam em um momento muito importante porque estamos às vésperas do período junino, após dois anos sem as festividades tradicionais do Nordeste, e os novos militares se somam à tropa para oferecer mais segurança à população paraibana de todas as regiões do estado”, falou. 
 
O comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Marcelo Araújo, celebrou a chegada dos novos soldados. “O momento de formatura é resultado da dedicação e vontade de servir ao próximo, de salvar vidas e se dedicar à sociedade. A nossa instituição, que completa 105 anos de existência e de bons serviços prestados ao povo paraibano, inicia hoje a comemoração com o ingresso de novos soldados e com muitas ações executadas como a UTI móvel, serviço único no Nordeste que beneficia principalmente o povo do interior do estado, além dos investimentos em recursos humanos e com ascensão profissional mais rápida”, disse.
 
O soldado Chelton Vidal comemorou o ingresso na Polícia Militar da Paraíba. “Eu prestei o concurso, consegui o êxito com a aprovação e acabou se tornando um grande sonho e a sociedade pode esperar o máximo empenho que eu puder”, falou.
 
O mesmo sentimento foi compartilhado pelo bombeiro Alan Evangelista. “É uma vitória, uma sensação incrível de ter a oportunidade de servir à sociedade e a minha expectativa é poder desempenhar aquilo que em um ano e quatro meses aprendi em treinamento”, comentou. 
 
Curso de formação – Os novos policiais militares iniciaram o treinamento em janeiro do ano passado e passaram por um curso com duração de 1.760 horas/aulas, com 51 disciplinas, divididas em 4 módulos de instruções. 
 
Com a conclusão do curso de formação, a Paraíba passa a contar com o reforço de mais 1.162 novos soldados da Polícia Militar desde 2019. O concurso ofereceu inicialmente 900 vagas, mas no final de 2020, o governador João Azevêdo realizou a convocação dos suplentes. 
 
Já os novos bombeiros militares iniciaram o treinamento em janeiro do ano passado e passaram por um curso com duração de 1.906 horas/aulas, com 41 disciplinas, divididas em 4 módulos de instruções.

Por: Junior Queiroz em 17 de maio de 2022

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.