Lucélio Cartaxo cumpre agenda no Cariri e participação de ato político em Monteiro

Após os candidatos João Azevedo na semana passada e José Maranhão neste último sábado (29) quem esteve fazendo campanha na região do Cariri foi Lucélio Cartaxo. O postulante esteve em Monteiro, na noite deste domingo (30) e disse que sua gestão vai potencializar as vocações da região, gerando desenvolvimento e oportunidades para os paraibanos e paraibanas que ali vivem.

“As águas do Rio São Francisco, além de matar a sede, precisam gerar emprego e renda para a população. Por isso, vamos incentivar a agricultura familiar, com o programa Paraíba Terra Boa, que vai dar apoio técnico e financiamento ao homem e mulher do campo, garantindo renda e movimentando a economia local. Também iremos criar os Centros Regionais de Agroecologia, onde os pequenos agricultores vão receber formação e assistência técnica para que possam tocar seus negócios com mais segurança e qualificação”, disse.

Lucélio disse ainda que governo eficaz precisa entender e investir nas áreas estratégicas das regiões do Estado. “Vamos investir na ovinocaprinocultura do Cariri. Entra gestor, sai gestor, mas não vemos ações que de fato potencializem esta que é uma das vocações da região. Além de garantir as condições para a instalação de uma usina de leite em pó, ajudando na consolidação das cadeias produtivas da caprinocultura leiteira e bovinocultura de leite, iremos requalificar e retomar o programa Pão e Leite, deixado de lado pela atual gestão, modernizando este programa de grande importância para o Estado, que alimenta milhares de famílias e potencializa a economia local”, disse.

Para a cidade de Monteiro, Lucélio garantiu ações que criem ambientes favoráveis à geração de emprego e renda. “A Paraíba precisa de uma gestão que crie ambientes favoráveis à atração de novos negócios. Hoje o investidor prefere os Estados vizinhos, como Pernambuco e Rio Grande do Norte, que têm uma política de arrecadação de impostos mais estável que a Paraíba. O Governo precisa entender que a razão da sua existência é gerar oportunidades, não aumentar impostos sempre que as coisas apertam. Atrair negócios e investir nas vocações serão prioridades no desenvolvimento do Cariri. E assim vamos criar uma nova dinâmica na administração do Estado, porque defendemos que a Paraíba pode e merece uma gestão mais próxima da população e que entenda suas necessidades”, disse.

 

MaisPB

Por: Junior Queiroz em 1 de outubro de 2018

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *