Cagepa lançará edital para continuidade das obras da TransParaíba na região do Cariri

O secretário de Infraestrutura do Estado da Paraíba informou nesta quarta-feira em entrevista que a Cagepa deve lançar um edital para a continuidade das obras do Sistema Adutor TransParaíba no Cariri.

O sistema adutor TransParaíba é essencial para o desenvolvimento e segurança hídrica de toda uma região que sempre apresenta índices pluviométricos baixos. A obra atenderá uma população de cerca de 200 mil habitantes, beneficiando dezenove cidades do Seridó e Curimataú.

As obras do Sistema Adutor está orçada em quase R$ 200 milhões com recursos próprios do Estado, que trará uma solução definitiva no abastecimento de água em uma das regiões mais importantes da Paraíba.

Em 2019 João Azevedo destacou a importância do investimento para garantir a segurança hídrica da região e o esforço do Governo para assegurar água em quantidade e qualidade para todo o Estado. “A nossa meta é ter todas as cidades da Paraíba com segurança hídrica e essa é uma adutora muito grande e estamos trabalhando para que ela passe a operar a cada etapa concluída”, explicou.

Ele também ressaltou a importância de investimentos na área para assegurar o desenvolvimento das cidades paraibanas. “Uma região ou um município só se desenvolve se tiver logística de transporte resolvida e abastecimento d’água. Na Paraíba, resolvemos a logística de transporte, porque não tem nenhuma cidade no Estado que não tenha sua estrada asfaltada, e estamos trabalhando na parte de segurança hídrica, pois queremos dar essa garantia a todas as cidades”, garantiu.

O secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, afirmou que a obra completa compreende dois ramais e atenderá toda a região do Curimataú. “Campina Grande, Boa Vista, Soledade e Cubati estão entre os municípios beneficiados e, com alguns ramais, atenderemos Cacimba de Dentro e Araruna, chegando até Picuí e Nova Floresta, então, toda a região que sofre com problema de água será beneficiada com a obra. Ainda vamos viabilizar o outro ramal da TransParaíba, que pegará água de Poções, em Monteiro, para atender as cidades do Cariri paraibano”, acrescentou.

O sistema adutor Curimataú apresenta uma extensão de 186.152,73m e terá a capacidade de tratar 578,37 l/s de água e compreende uma estação elevatória de água bruta; uma estação de tratamento; sete estações elevatórias de água tratada; 18 reservatórios nos sistemas individuais; oito reservatórios apoiados (poços de sucção); um reservatório de lavagem de filtros; quatro apoiados e 14 elevados.

Por: Junior Queiroz em 28 de janeiro de 2021

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *