Em São João do Cariri, candidato derrotado tentar cassar Cosme e Helder que apresentam defesa na justiça e tranquilizam população

fd

 

A eleição da cidade mãe da região do cariri, São João do Cariri, terá mais um embate após o pleito do último dia 02 de outubro. O candidato Chico de Eulina (PTB), derrotado por uma diferença de 211 votos pelo atual prefeito Cosme Gonçalves e o vice Hélder Trajano, demonstrou insatisfação com o resultado das urnas e ingressou com uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral, pedindo a cassação do registro e do diploma de Cosme e Hélder por suposta compra de votos e abuso de poder político e econômico.

 

O Prefeito Cosme e o vice Hélder, foram notificados minutos antes da diplomação e revelaram tranquilidade. Segundo o advogado dos candidatos, as alegações contidas na ação são pífias e só demonstram o inconformismo com a derrota e o desconhecimento do derrotado de como funciona uma gestão pública.

 

Segundo o advogado Dr. José Maviael, que coordena a equipe de defesa dos candidatos nas eleições, “tentaram cassar Cosme com a alegação de que o mesmo distribuiu um copo azul numa festa, depois tentaram cassar Hélio Morais com a criação de uma rede social falsa, sendo que Hélio sequer sabia o que era tal rede social e agora alegam que o prefeito comprou um voto de 20 reais, para substanciar sua cassação”.

 

15419301_1431320743546068_838164532_o

Ainda segundo o advogado, outro tópico da ação diz respeito à obras públicas, “A ação possui fatos cômicos. O candidato achava que a prefeitura deveria parar no período eleitoral, que a máquina pública não deveria funcionar. Alegou que o prefeito deveria ser cassado por perfurar poços para abastecer as pessoas carentes de água, em meio a uma das mais graves secas dos últimos tempos. Outro tópico da ação reclama do prefeito ter contratado médicos, dentistas, professores, para atender saúde e educação na cidade. Outra parte do processo reclama da prefeitura ter que atender pessoas carentes em ano de eleição, fato que ocorre desde 2001 com uma lei municipal que vem sendo aplicada há 15 anos. Sinceramente é algo inacreditável” relatou o advogado.

 

O advogado de Cosme e Hélder passou tranquilidade para os candidatos e disse que a população de São João do Cariri não precisa se preocupar com essa ação que na verdade demonstra inconformismo com o resultado das urnas.

 

Os candidatos eleitos e diplomados Cosme e Helder relataram que sua assessoria jurídica já apresentou uma embasada e extensa defesa junto à justiça eleitoral, e espera que no próximo ano seja julgado rápido esse processo que segundo eles, só vai ocupar o tempo do judiciário.

 

Paraíba Mix

Por: Junior Queiroz em 7 de dezembro de 2016

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *