Em Serra Branca, Juiz manda retirar pesquisa eleitoral irregular divulgada através do WhatsApp sob pena de R$ 20 mil

O juiz da 58ª Zona Eleitoral, José Irlando Sobreira Machado, mandou retirar uma pesquisa eleitoral irregular divulgada através do whatsapp.

De acordo com os autos, a pesquisa estava sendo divulgada em favor do atual prefeito e candidato a reeleição Vicente Fialho de Sousa Neto (Sousinha).

De acordo com a denúncia formulada junto à Justiça a representada divulgou uma pesquisa sem registro com timbre da empresa DATAVOX, onde o aponta, supostamente à frente, com o percentual de 38,9%, seguido pelo Sr. Flávio Torreão, com 21,5% e o Sr. Zizo Mamede com 12,3%.

A divulgação da pesquisa foi realizada através de grupos de whatsapp pela serrabranquense Daniele Almeida Fernandes, afirmando que o candidato a reeleição estava vários pontos percentuais à frente dos demais candidatos, bem como de que liderava as pesquisas.

A pesquisa citada não está registrada no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O juiz determinou que fosse retirado a pesquisa eleitoral sob multa de R$ 20 mil, em um prazo de 24 horas.

Paraíba Mix

com ClickPB

Por: Junior Queiroz em 5 de novembro de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.