TJPB determina imediato afastamento do prefeito de Taperoá; defesa entra com recurso

O pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba determinou o imediato afastamento do prefeito de Taperoá, Jurandir Gouveia (MDB), de suas funções e a proibição de sua entrada nas repartições públicas do município. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (11) e segundo apurado pela reportagem, a defesa do prefeito já entrou com um recurso no STJ para manter Jurandi no cargo.

A decisão do TJ-PB ainda proíbe o prefeito Jurandi de contato com os demais denunciados. O teor da denúncia ainda não foi disponibilizado na íntegra, mas versa sobre supostas irregularidades em contratação de empresa para locação de veículos no município.

Foram denunciados, além do prefeito, Jocel Queiroz, Welligton Farias de Ribeiro, Maria Lúcia de Farias, Leonardo Vilar Bezerra, Elton Bezerra da Silva, Herick Fabrício Lima Trajano e Evandro Queiroz da Silva, este último responsável pelo setor de licitações da prefeitura de Taperoá.

A Câmara de Taperoá, através de seu presidente Birino Brito, ainda não foi notificado da decisão do Tribunal de Justiça.

De Olho no Cariri

Por: Junior Queiroz em 11 de março de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *