Sumé é cenário para gravação de mais um filme do cinema paraibano

No próximo domingo, 22, a cidade de Sumé, no cariri paraibano, será cenário para gravação do curta-metragem de documentário “A Espera”. Baseado no poema de mesmo nome, o filme busca refletir sobre tempo, anseios, afetos e sonhos. 
O roteiro e a direção são assinados por Ana Célia Gomes, autora do poema e uma apaixonada pela arte e cultura de sua terra, Sumé, terra de grandes artistas, como Zé Marcolino, poeta e compositor, e Miguel Guilherme, pintor, escultor e poeta, Ana Célia é comunicóloga, produtora, realizadora audiovisual/cultural e poetisa. 

Também é idealizadora e coordenadora da Mostra Sumé de Cinema – Sumé (PB) e produtora também dos festivais de cinema: Curta Taquary (PE) e Curta Caicó (RN), além de produtora no espetáculo “Paixão de Cristo”, em Cuité (PB).

“A Espera‟ é uma produção que irá tratar de um tema muito importante, que será revelado para o espectador ao longo do curta-metragem. “O filme surge de um poema de minha autoria, que está saindo papel e se tornando realidade, sendo levado para as telonas. Eu estou muito feliz, porque vai ser gravado na minha cidade, em Sumé. Vou estar acompanhada por uma equipe maravilhosa. E o filme fala justamente sobre isso, sobre sonhos, sobre o desejo de afeto, sobre observar o mundo melhor, enxergar todos os seres ao nosso redor e ter um olhar mais humano”, explica Ana Célia. 

O projeto foi aprovado pela Lei Aldir Blanc, no edital Margarida Cardoso, do governo do estado da Paraíba e conta com o apoio da Prefeitura de Sumé. Também foi um dos argumentos selecionados para participação no Laboratório JABRE de Roteiro, edição ano 2018. 

Coordenado pelos professores e cineastas Torquato Joel e Virgínia Gualberto, o JABRE (Laboratório Paraibano para Jovens Roteiristas) é um projeto com foco especial para jovens das cidades paraibana e tem como objetivo incentivar o surgimento de novos realizadores audiovisuais.

As gravações do filme “A Espera” iniciam no domingo, 22, e se estendem até a quarta-feira, 25. Para segurança de todos, serão seguidos a risca os protocolos de higiene em relação à pandemia. Serão disponibilizadas máscaras N95, álcool em gel e a equipe de produção irá realizar testes rápidos para Covid-19 no início e término das gravações.

Por: Junior Queiroz em 20 de agosto de 2021

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *