Seca dízima rebanho no Cariri Paraibano enquanto agricultores aguardam chuvas

A maior seca já registrada na história da Paraíba tem aprofundado o êxodo rural e, principalmente, dizimado o rebanho bovino dos pequenos agricultores.

Um cenário sombrio é possível ser visto sem muita dificuldade no Cariri paraibano, uma das regiões mais afetadas pela longa estiagem.

Neste domingo (29), por exemplo, o jornalista Heleno Lima registrou vários animais mortos as margens da BR 412 entre os municípios de Boa Vista e Gurjão. Até o xique xique, uma planta resistente, está sucumbindo e secando por falta de água.

Falta água, pasto para os bichos e os poucos que ainda conseguem sobreviverem, consome os parcos recursos dos agricultores, que compram ração muita cara para não verem seus animais morrendo.

Os agricultores aguardam com muita expectativa que 2017 seja o ano da redenção do Nordeste e que caia muita água do céu para que tudo volte ao normal.

 

Paraíba Mix

com Heleno Lima

Por: Junior Queiroz em 30 de janeiro de 2017

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *