Presidente da Petrobras pede demissão após pressão sobre política de preços da empresa

A Petrobras informou, nesta segunda-feira (20) que José Mauro Coelho pediu demissão do cargo de presidente da empresa.

O anúncio oficial foi feito pela companhia em comunicado protocolado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Substituto interino ainda será definido pelo Conselho de Administração da empresa.

“A nomeação de um presidente interino será examinada pelo Conselho de Administração da Petrobras a partir de agora”, disse a companhia em comunicado publicado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

José Mauro Ferreira Coelho é o terceiro presidente a ser demitido pelo governo Bolsonaro.

O primeiro a assumir o comando da estatal durante o governo do presidente Jair Bolsonaro foi o economista Roberto Castello Branco, nomeado para cargo em janeiro de 2019 e demitido em fevereiro do ano passado pelo presidente.

O general Joaquim Silva e Luna tomou posse do cargo em abril de 2021 e permaneceu no posto até março deste ano.

Em abril, o governo indicou José Mauro Coelho para assumir o comando da estatal. O executivo assumiu a presidência da Petrobras no dia 14 do mês passado.

Por: Junior Queiroz em 20 de junho de 2022

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.