Prefeito de São João do Cariri não comparece à audiência convocada pela Justiça

Após as expectativas para o desfecho do caso envolvendo o futuro administrativo da cidade de São João do Cariri, que estava para ser definido na manhã desta quarta(20), o prefeito Cosme Gonçalves não compareceu a audiência de entrevista no processo de interdição agendado pelo Poder Judiciário. O juiz da Comarca de São João do Cariri ouviria o gestor sobre os questionamentos levantados pelo Ministério Público acerca de sua saúde mental e condições de manutenção no cargo.

Segundo informações, o prefeito Cosme Gonçalves (DEM), através de sua assessoria jurídica, teria pedido o cancelamento em ação realizada na cidade de João Pessoa.

Ao que tudo indica, o prefeito Cosme Gonçalves teria sido convencido por líderes políticos e pessoas próximas a não se afastar do cargo.

A ação do MP visa declarar a incapacidade civil do gestor, que segundo denúncias formuladas junto ao órgão está com quadro de Mal de Alzaimer, o que o torna incapaz de administrar a Prefeitura do município. Na semana passada, fontes seguras e próximas asseguraram a reportagem do portal De Olho no Cariri que o gestor estava pronto para pedir uma licença de três meses para tratar de sua saúde e garantir a governabilidade na cidade.

 

 

Paraíba Mix

com De olho no cariri

Por: Junior Queiroz em 20 de fevereiro de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *