Paraíba tem 54 casos de microcefalia confirmados

microcefalia

 

A Paraíba tem 54 casos confirmados de microcefalia ou outras alterações do sistema nervoso central, segundos dados divulgados nesta sexta-feira (12) em boletim do Ministério da Saúde. Desse total, apenas dois tiveram relação confirmada com o vírus da zika. Outros 427 casos estão sendo investigados e 275 já foram descartados.

O estado é o quarto com o maior número de casos confirmados, ficando atrás apenas de Pernambuco (167), Bahia (101) e Rio Grande do Norte (70). Segundo o Ministério da Saúde, até o momento, 22 unidades da federação estão com circulação autóctone do vírus da zika.

Estão sendo investigados, pelo Ministério da Saúde e pelos estados, 3.852 casos suspeitos de microcefalia em todo o país. O novo boletim aponta também que 462 casos já tiveram confirmação de microcefalia, sendo que 41 com relação ao vírus da zika.

O Ministério da Saúde enfatizou que está investigando todos os casos de microcefalia e outras alterações do sistema nervoso central informados pelos estados e a possível relação com o vírus da zika e outras infecções congênitas. A microcefalia pode ter como causa diversos agentes infecciosos além do zika, como sífilis, toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus, herpes viral e outros agentes infecciosos.

O orgão ainda orienta que as gestantes adotem medidas que possam reduzir a presença do mosquito Aedes aegypti, com a eliminação de criadouros, e proteger-se da exposição de mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes permitidos para gestantes.

 

com g1

Por: Junior Queiroz em 13 de fevereiro de 2016

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *