Oito prefeitos da PB driblam crise e antecipam 50% do 13º salário; seis deles do Cariri Paraibano

13-salario

Pelo menos, oito prefeitos paraibanos driblam os efeitos da seca, da crise econômica e a redução do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e paga, a metade do 13º salário, garantindo assim a pamonha e a canjica, além da roupa de chita para o São João dos servidores públicos e municipais. O Governo do Estado antecipou 50% da gratificação “Junina” na sexta-feira (17).

O primeiro gestor municipal a pagar a primeira parcela foi o prefeito de Bernadinho Batista, no Sertão, Gervázio Gomes (PSB), na quarta-feira (15). Os servidores sertanejos vão brincar o tradicional ForróPad com dinheiro no bolso. De acordo com o socialista, o impacto da folha ‘extra’ nas contas do município, incluindo encargos previdenciários ultrapassa os R$ 220 mil.

Em Boa Vista, no Cariri, o pagamento da primeira parcela do 13º salário do funcionalismo foi efetuado nesta quinta-feira (23). O prefeito Edvan Pereira Leire (PSDB) disse que mantém o compromisso de vários anos de pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado e antecipando os recursos sempre que possível.

“Boa Vista não é diferente dos outros municípios, enfrenta as mesmas crises e sofre com problemas semelhantes, porém, tratamos os recursos públicos com muito zelo e evitando que o trabalhador e a população sofram as consequências”, evidencia Edvan.

Ainda no Cariri, anteciparam a metade do 13º salário até esta quinta-feira, os prefeitos Neto Duarte (Sumé) Jose Josemar Josa (Parari), Cosme Gonçalves (São João do Cariri) e Givaldo Limeira (Coxixola). O Prefeito de Gurjão, Ronaldo Queiroz, vai pagar a metade da gratificação do décimo em julho, antes da festa do “Bode na Rua”.

João Pessoa

O pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores públicos de João Pessoa foi efetuado nesta terça-feira (21). O prefeito Luciano Cartaxo (PSD) disse ao todo, 33.437 servidores receberam o pagamento. No total, serão R$ 35,5 milhões antecipados que, juntando com os salários do mês, vão representar um injeção de R$ 106,5 milhões na economia da capital.

Com Jornal da Paraíba

Por: Junior Queiroz em 24 de junho de 2016

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *