Fim de semana tem atos pró e contra impeachment em JP e CG; veja programação

18186832

A Frente Brasil Popular marcou para a tarde desta sexta-feira (15) uma nova manifestação no Centro de João Pessoa contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O ato tem concentração marcada para as 14h, em frente ao colégio Lyceu Paraibano, e a intenção do movimento é paralisar o comércio e o transporte coletivo da Capital. Haverá eventos até o domingo (17), dia da votação do processo na Câmara Federal. Veja abaixo a programação dos atos públicos. Já no domingo, o Movimento Brasil Livre reúne manifestantes pró-impeachment na praia, na Capital, e no Centro de Campina Grande.

Segundo a diretora de comunicação da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Lúcia Figueiredo, os atos em favor da presidente vão começar na noite desta quinta-feira (14), com uma apresentação cultural na Praça da Paz, no bairro dos Bancários, Zona Sul de João Pessoa.

“Iremos ter uma manifestação cultural na noite desta quinta-feira e o grande ato contra o impeachment na tarde da sexta. Nossa perspectiva é que o comércio feche e que o transporte coletivo da Capital pare durante o ato. Iremos percorrer as principais ruas do Centro e protestar contra o golpe que está sendo dado na presidente Dilma”, afirmou Lúcia.

No sábado (16), a Frente Brasil Popular vai promover panfletagem em ruas da Capital alertando sobre possíveis perdas sociais caso o impeachment de Dilma seja aprovado. No domingo (17), uma nova manifestação foi marcada para a Praça da Paz, para acompanhar, através de um telão, a votação do impeachment na Câmara Federal.

“No dia da votação iremos sair em carreata do Mercado Público de Mangabeira em direção a Praça da Paz, onde vamos acompanhar, através de um telão, toda a sessão de votação do impeachment na Câmara”, disse Lúcia Figueiredo.

O Sindicato dos Lojistas do Comércio de João Pessoa (Sindilojas-JP) disse que não havia recebido nenhuma documentação pedindo o fechamento das lojas na sexta.

O superintendente executivo de Mobilidade Urbana de João Pessoa, Carlos Batinga, para saber sobre a possível interrupção do transporte coletivo durante o ato, disse que também não recebeu nenhuma documentação referente ao pedido de paralisação do transporte coletivo. Mas, para Batinga, caso os motoristas parem as atividades, o sindicato da categoria deverá ser responsabilizado.

“Não recebemos nenhuma documentação referente à manifestação. Caso essa paralisação venha a ocorrer, o sindicato vai ser responsabilizado por danos à população porque o transporte coletivo é um serviço essencial e não pode ser paralisado. Espero que isso não ocorra”, afirmou o superintendente.

Procurado pelo Portal Correio, o presidente do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Passageiros e Cargas do Estado da Paraíba, Antônio de Pádua, não foi encontrado, até o fechamento desta matéria, para comentar a possível paralisação do transporte coletivo durante a manifestação.

Manifestação em defesa do impeachment

No Busto de Tamandaré, o Movimento Vem Pra Rua em João Pessoa promove uma manifestação em defesa do impeachment da presidente, no horário da votação do processo no Congresso.

De acordo com um dos organizadores, Julian Lemos, o grupo ficará concentrado no Busto a partir das 14h, quando começa a votação em Brasília, com o apoio de um trio elétrico e, possivelmente, segundo ele, um telão.

Lemos não disse qual a expectativa de público, mas acredita que o ato deverá ter grande adesão.

Em Campina Grande, uma ação semelhante vai ocorre na Praça da Bandeira, que fica na Avenida Floriano Peixoto, bem no Centro da cidade.

De acordo com o Isaac Menezes, um dos organizadores, não haverá passeata e o público vai ficar concentrado na praça, acompanhando a votação por telão e com o suporte de um carro de som.

Ele também optou por não estimar quantidade de participantes esperados.

com Portal Correio

Por: Junior Queiroz em 15 de abril de 2016

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *