Cartaxo rejeita união de lideranças da PB em palanque único para 2018

A ideia do presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Marcos Vinícius (PSDB), de unir todas as lideranças da Paraíba em um único projeto eleitoral parece fadada ao fracasso. Nesta sexta-feira (17) foi a vez do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), também rejeitar a proposta, que já foi descartada por correligionários e antagonistas do tucano.

Socialista defende diferentes candidaturas ao Governo, mas prega união no período pós-pleito
Cartaxo também defende a tese de que democracia pressupõe eleição, portanto, diferentes candidaturas são essenciais ao processo eleitoral.  “Eu não acredito que isso possa acontecer de forma alguma, porque a política tem as posições que são colocadas de maneira natural. A democracia pressupõe eleição e nada melhor do que os candidatos se colocarem para que a população possa fazer a melhor escolha”, disse o prefeito da capital.
Questionado se as pretensões do governador Ricardo Coutinho para 2018 interferem nas suas decisões pessoais em torno do mesmo pleito, Cartaxo garantiu que a oposição não se pautará pelos passos dos seus adversários.
“As decisões das oposições são decisões maduras, equilibradas e nós vamos consultar o povo. Cada um, cada partido, tem o direito de tomar a sua decisão. Então nós não vamos balizar nossa decisão pela decisão de ninguém”, disse.
Por: Junior Queiroz em 18 de novembro de 2017

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *