Sargento da Polícia Militar é morto em confronto com suspeitos de assalto, na PB


Sargento da Polícia Militar é morto em confronto com suspeitos de assalto, na PB — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Um sargento da Polícia Militar da Paraíba foi morto a tiros em um confronto com suspeitos de assaltos, na cidade do Conde, Região Metropolitana de João Pessoa.


Ação aconteceu na noite desta quinta-feira (24), quando o PM teria ido em busca de suspeitos que estariam cometendo assaltos.

Um sargento da Polícia Militar da Paraíba foi morto a tiros em um confronto com suspeitos de assaltos, na cidade do Conde, Região Metropolitana de João Pessoa, na noite desta quinta-feira (24). Segundo a polícia, quatro homens teriam participado da ação que resultou na morte do sargento.

De acordo com informações da polícia, os suspeitos estariam realizando assaltos na localidade de Mituaçu, próximo onde o policial morava. O sargento entrou em confronto com os homens, iniciando uma intensa troca de tiros.

Ainda de acordo com a polícia, a moto de um sobrinho do PM, que tinha rastreador, teria sido roubada pelo grupo. Ele teria saído em busca da motocicleta quando iniciou o confronto com os suspeitos.

O sargento identificado como Wildes Feliciano da Cunha, de 54 anos, foi morto dentro do próprio carro. Atualmente, a vítima trabalhava Batalhão da Polícia Ambiental.

Mesmo ferido, o sargento conseguiu atingir um dos suspeitos, que foi socorrido para o Hospital de Trauma de João Pessoa. A polícia segue investigando o crime.

na noite desta quinta-feira (24). Segundo a polícia, quatro homens teriam participado da ação que resultou na morte do sargento.

De acordo com informações da polícia, os suspeitos estariam realizando assaltos na localidade de Mituaçu, próximo onde o policial morava. O sargento entrou em confronto com os homens, iniciando uma intensa troca de tiros.

Ainda de acordo com a polícia, a moto de um sobrinho do PM, que tinha rastreador, teria sido roubada pelo grupo. Ele teria saído em busca da motocicleta quando iniciou o confronto com os suspeitos.

O sargento identificado como Wildes Feliciano da Cunha, de 54 anos, foi morto dentro do próprio carro. Atualmente, a vítima trabalhava Batalhão da Polícia Ambiental.

Mesmo ferido, o sargento conseguiu atingir um dos suspeitos, que foi socorrido para o Hospital de Trauma de João Pessoa. A polícia segue investigando o crime.

Por: Junior Queiroz em 25 de fevereiro de 2022

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.