Prédio fechado da Câmara de Santo André impede entrada de vereadores

12472546_952761334808348_7950041880303837173_n

A Câmara Municipal deveria retornar aos trabalhos na noite desta quinta-feira (25), após 70 dias de recesso parlamentar.

Deveria, mas isso não aconteceu, pois a presidente da Câmara, Neusa (PDT), mandou fechar o prédio do legislativo e deixou os vereadores de oposição do lado de fora quando chegaram para trabalhar naquela que seria a primeira sessão ordinária do ano.

Foram à sessão, os parlamentares, João Batista (PSB), Leandro (PSD) e Nandiara (PSD). Mas ficaram das 19:00 as 21:00 horas do lado de fora porque não havia sequer um funcionário para recebê-los.

“Isso é uma vergonha, pois a Câmara entrou de recesso no dia 15 de dezembro de 2015 e deveria realizar a primeira sessão ordinária deste ano hoje. Mas chegamos e nos deparamos com essa cena deplorável. Ou seja, tudo fechado”, desabafa João Batista.

12472546_952761334808348_7950041880303837173_nO vereador disse que em nenhum momento a presidente da Câmara avisou que não haveria sessão, desrespeitando, desta forma, tanto os vereadores como a população, haja vista que diversos assuntos de interesse da sociedade santoandreense seriam debatidos nesta quinta.

“Fui à Câmara por volta das 11 horas protocolar alguns projetos e requerimentos para apresentá-los em plenário hoje e ninguém me avisou que não teria sessão. Agora, quando chegamos aqui, nos deparamos com essa cena deprimente”, pontua João Batista.

Os vereadores faltosos, são: Neusa, Nem de Miguel (PMDB), Rivaldo Junior (PSC) e Seu Nino (PHS), todos do bloco da situação.

Já Edgley Fidélis (PSB), que integra a bancada de oposição, também não compareceu para o primeiro dia de trabalho do ano.

O outro lado

Rivaldo Jr disse que não compareceu porque está no Hopsital de Emergência e Trauma, em Campina Grande, acompanhando um amigo que sofreu um tiro ao reagir a uma tentativa de assalto na zona rural no último domingo (21) e continua internado.

Por sua vez, funcionários da presidente disseram ao portal que ela foi acometida de uma virose e precisou ser internada na Unidade Básica de Saúde de Família (UBSF) da cidade.

Entre os projetos importantes, está o que concede reajuste aos professores da rede Municipal

Com Heleno Lima

Por: Junior Queiroz em 26 de fevereiro de 2016

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *