Mãe leva três tiros na cabeça ao tentar impedir que filho fosse assassinado em cidade da Paraíba

Foi socorrida em estado grave, na noite de ontem (1), na cidade de Massaranduba, interior da Paraíba, uma mulher de 50 anos de idade que foi atingida por três tiros na cabeça ao tentar defender o filho de atiradores que invadiram sua casa. O filho da vítima, que é ex-presidiário seria o alvo do atentado.

Segundo a polícia, a casa foi invadida por uma dupla armada. Ao perceber que o filho seria morto, Graciete Valdevino Teixeira correu para abraçar o filho na intenção de protegê-lo. Os bandidos atiraram várias vezes e a mulher foi atingida na região da cabeça por pelo menos três tiros.

Apesar da mãe ter sido baleada, o filho, de 30 anos de idade, conseguiu correr até a moto e fugiu. Vizinhos que ouviram os tios foram ver o que tinha acontecido, viram a mulher caída e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que socorreu a mulher para o Hospital de Emergência e Trauma em Campina Grande. Os suspeitos de cometerem o crime fugiram e ainda não foram localizados.

Por: Junior Queiroz em 2 de setembro de 2021

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *