Câmara de Gurjão se reúne extraordinariamente e aprova reajuste salarial para servidores do município

A Câmara Municipal de Gurjão se reuniu de forma extraordinária na tarde desta terça-feira, 30 para apreciar o projeto de Lei enviado pelo prefeito Ronaldo Queiroz que reajusta o valor do salário base do município de Gurjão/PB, para o ano de 2018, adequando-o ao novo valor do salário mínimo nacional que entrou em vigor a partir de 1º de janeiro de 2018.

Ainda no projeto de lei, o prefeito pedia que os vereadores votassem um aumento de 6,81% aos vencimentos dos servidores públicos municipais integrantes do quadro permanente do Magistério Municipal, índice equivalente ao reajuste do piso nacional dos professores que foi de 6,81%.

De acordo com a justificativa do prefeito Ronaldo Queiroz, a propositura busca garantir a manutenção do poder aquisitivo dos servidores públicos municipais, daí a necessidade da matéria ter sido apreciada em caráter de urgência para que o Poder Público Municipal possa pagar a folha de pagamento do mês de Janeiro de 2018 com a aplicação dos novos valores.

O presidente da Câmara Municipal, Adailson Queiroz, disse que com a aprovação do projeto e após ser sancionada pelo prefeito o salário que será pago passa a ser de R$ 954,00 (novecentos e cinquenta e quatro reais) e o piso do magistério municipal, para uma carga horária de 30 (trinta) horas semanais, passa a variar de R$ 1.610,52 a R$ 3.128,23.

“Apesar de toda a crise econômica e financeira existentes atualmente em nosso país, que tem prejudicado diretamente a arrecadação dos Municípios brasileiros, o município de Gurjão tem investimento na recuperação física das escolas e nas condições materiais de funcionamento, na capacitação dos profissionais da educação e, agora, dá a mais forte e evidente demonstração de valorização do magistério, dando o reajuste de 6,81% que foi o aumento proposto pelo piso nacional do magistério”, justificou o prefeito na propositura.

Por: Junior Queiroz em 30 de janeiro de 2018

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *