Projeto Ser/Tão Potável é desenvolvido em Escola Técnica de Camalaú para produção de água potável a partir da utilização de energia solar

 

Por meio do Programa Gira Mundo Israel, uma política pública exitosa do Governo do Estado da Paraíba, o professor efetivo Ezequiel Sóstenes Bezerra Farias, da 5ª Gerência Regional de Ensino, após as experiências científicas vivenciadas em Israel nos anos de 2018 e 2019, através de incentivos do mesmo Programa, iniciou a execução do projeto na Escola Cidadã Integral Técnica Estadual Pedro Bezerra Filho, situada em Camalaú-PB.

A primeira parte do projeto tem como objetivo a construção de dez dessalinizadores solares com investimentos da ONG Volunteers World Brazil (VWB) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), em parceria com o Núcleo de Extensão Rural Agroecológica e Departamento de Agroecologia e Agropecuária da Universidade Estadual da Paraíba e com a Prefeitura Municipal de Camalaú-PB.

Segundo o professor Ezequiel Sóstenes Bezerra Farias, idealizador do projeto, o intuito do projeto é de produzir água de boa qualidade à comunidade escolar e protótipos de caráter didático para que os discentes possam intercambiar a tecnologia social com diferentes públicos para fins de replicabilidade, desenvolvendo o protagonismo entre eles com habilidades de planejamento em equipe, observação técnica, liderança grupal e experimentação científica, estando assim, de acordo, com o modelo das Escolas Cidadãs implantadas de forma exemplar pelo Governo do Estado da Paraíba.
Ainda, segundo o mesmo, as experiências e amizades possibilitadas por meio do Programa Gira Mundo Israel, despertaram a ideia de um projeto quem em sua produção e manutenção ofereça suporte técnico/pedagógico para o modelo de Educação Interdimensional, contribuindo decisivamente com a formação acadêmica de excelência e possibilitando a integração entre Sociedade e Escola, em que a inovação tecnológica resulte em uma transformação econômica, ambiental e social, inicialmente em Camalaú e consequentemente em outras Escolas da Paraíba.

Alunos do Curso Técnico em Agroecologia da Escola Cidadã Integral Técnica Estadual Pedro Bezerra Filho, desde o início do ano estão passando por um processo de capacitação para o manuseio da tecnologia, utilizando assim, os dessalinizadores solares como ferramenta pedagógica, além de um instrumento para melhorar a qualidade da água nas escolas públicas, como já mencionado.

Paraíba Mix

Por: Junior Queiroz em 29 de novembro de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *