Polícia Civil ouve agricultor acusado no incêndio na zona rual em Monteiro

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Grupo Tático Especial- GTE, vinculado à 14 DSPC/Monteiro, em continuidade às diligências relativas à apuração do incêndio que atingiu a zona rural de Monteiro, procedeu à colheita de depoimentos, declarações e inclusive o interrogatório do agricultor apontado como principal suspeito.

O incêndio, já considerado o maior registrado na região nos últimos anos, ocorreu nos últimos dias 10,11 e 12 de dezembro de 2019. As chamas devastaram cerca de 2 mil hectares de área na zona rural de Monteiro, vitimando dezenas de animais, além de grande parte da flora local.

O principal interrogatório colhido pela Polícia Civil foi o do agricultor apontado como principal suspeito de iniciar os focos. José Ivanildo De Oliveira, de 54 anos, natural de Monteiro prestou esclarecimentos e seu depoimento é mantido em sigilo.

Dr. Cristiano Santana, delegado regional, afirmou que as diligências seguem seu curso e está no aguardo apenas do laudo pericial ambiental, o qual trará, de forma cabal, a causa/natureza do incêndio, e determinará o prosseguimento e conclusão dos trabalhos investigativos.

Paraíba Mix

com De Olho no Cariri

Por: Junior Queiroz em 18 de dezembro de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *