Relator de ação contra Ricardo Coutinho no TSE pede inelegibilidade do ex-governador por oito anos

O relator da Ação de Investigação da Justiça Eleitoral (Aije) movida pela Coligação ”A Vontade do Povo” contra o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho, Og Fernandes, pediu a inelegibilidade de Ricardo por oito anos, contados a partir da eleição de 2014.

Também foi admitida pelo relator a inelegibilidade, pelo mesmo período, de Renato Costa Feliciano, Antônio Eduardo Balbino e Tárcio Rodrigues.

A ação aponta abuso de poder no uso do Programa Empreender com objetivos eleitoreiros na campanha para reeleição de Ricardo Coutinho em 2014. A vice-governadora Lígia Feliciano, que também foi citada na ação, foi inocentada porque não possuía cargo público na época, não tendo meios portanto, para interferir no pleito.

ClickPB

Por: Junior Queiroz em 27 de agosto de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *