Presidente do TJPB destaca aumento da produtividade com fechamento de comarcas e agregações na Paraíba

Em entrevista a rádio Arapuan na tarde desta quinta-feira (1), o presidente do TJPB, Márcio Murilo da Cunha Ramos avaliou os altos índices de produtividade da instituição e destacou a efetividade da política de agregação. Segundo dados obtidos pelo Portal ClickPB, já foram desinstaladas, ao todo, 23 comarcas no Poder Judiciário estadual que foram agregadas em outras cidades.

De acordo com ele, o objetivo da medida foi estruturar melhor as unidades ampliadas, reverter a economia gerada com a inciativa em tecnologia e aumentar a produtividade, garantindo mais eficiência e celeridade. 

“A agregação vem permitindo um aumento acima do que planejávamos. Em algumas comarcas, o número de sentenças como em Piancó registrou mais de 200%. Com o fechamento das comarcas e agregação para centrais, todas tiveram uma grande elevação na produtividade. Juízes que tinham pouco número de processos agora chegam a despachar mais de 300 por mês”, explicou o presidente do TJPB, Márcio Murilo da Cunha Ramos. 

A medida que foi instituída desde outubro de 2019, autorizou as primeiras 15 desinstalações de comarcas que não preenchiam os requisitos de funcionamento nos termos da Lei de Organização e Divisão Judiciárias (Loje) da Paraíba. 

O presidente também destacou que os motivos para os resultados satisfatórios são múltiplos e passam também pela modernização do atendimento e automatização dos despachos.

ClickPB

Por: Junior Queiroz em 1 de outubro de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *