Ex-prefeito Dr.Neto menospreza importância da máscara e solta fake news ao afirmar que mais de 500 pessoas já morreram após serem vacinadas; assista

O médico e ex-prefeito da cidade de Sumé, Dr. Neto concedeu uma entrevista a jornalista Jacqueline Oliveira nesta semana onde deu declarações duvidosas e até falsas sobre os dois principais itens de combate ao crescimento da Covid-19: A vacina e a máscara.

Sobre as vacinas atualmente usadas no Brasil, apesar de ter que indicá-la, Dr. Neto disse que não tem confiança no imunizante e que o produto não tem garantia.

A tese levantada pelo médico também foi muito usada pelo Presidente Bolsonaro e seus aliados há alguns meses, mas atualmente após pressões de vários setores o próprio presidente tem mudado sua postura e defendido a importância das vacinas em circulação no país.

Concluindo sua fala o médico disse que “já existem mais de 500 casos de mortes por pessoas que tomaram as duas doses da vacina”. A informação dita por Dr. Neto é uma fake news que circula no país há uns dias e já foi desmentida pelos principais meios de comunicação do Brasil e a própria Anvisa.

Mesmo usando máscara durante a entrevista o médico também desdenhou da importância do equipamento de proteção. Segundo Dr Neto é controversa a questão do uso da máscara pela fato da mesma não cobrir também os olhos.

A OMS – Organização Mundial da Saúde, além dos maiores laboratórios e cientistas do mundo afirmam que “Todas as vacinas são eficazes. Umas protegem mais do que outras, mas todas se têm mostrado fortes mecanismos para combater a Covid-19”.

Sobre a questão das máscaras um estudo do Journal of Medical Virology mostrou que máscaras N95, máscaras cirúrgicas ou máscaras caseiras feitas com camadas de papel e tecido podem bloquear acima de 95% a quantidade dos vírus em aerossóis.

Nas redes sociais várias pessoas criticaram a postura do profissional de saúde por desmerecer a importância dos principais itens de combate a Covid-19 e também propagar fake news.

Assista as declarações do médico:

Paraíba Mix

Por: Junior Queiroz em 13 de março de 2021

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Um Comentário

  1. Givaldo Barros de Sousa disse:

    É uma vergonha um médico que a maioria da população de Sumé tem como referência abrir a boca para falar tanta besteira, é a prova de quê os eleitores do canalha bolsonaro são iguais a ele ou pior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *