Prefeitura da PB é alvo de inquérito do MPF por supostas irregularidades em convênios

A prefeitura de São José Princesa, alto sertão paraibano, é alvo de inquérito civil do Ministério Público Federal (MPF) por supostas irregularidades na execução do convênio estabelecido entre o Ministério das Cidades e o município, orçado em R$ 295.300,000, para a pavimentação de ruas.

A portaria que encaminha o inquérito, assinada pelo Procurador da República atuante na PRM Patos, no Sertão paraibano, Dr. Djalma Gusmão Feitosa, está publicada na edição da sexta-feira (18) do Diário Eletrônico do órgão.

A decisão determina que as análises sejam realizadas no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (SIAFI), plataforma desenvolvida pelo Serviço Federal de Processamento de Dados, onde são registrados os processamentos de controle e execução financeira, patrimonial e contábil do governo federal brasileiro.

O inquérito instaurado pelo MPF exige o registro e detalhamento do convênio estabelecido entre o Ministério das Cidades e o Munícipio de São José Princesa, para possibilitar a ocorrência das análises dos documentos referentes ao caso, no Sistema Único da 5ª Câmara de Coordenação e Revisão.

Paraíba Já

Por: Junior Queiroz em 19 de setembro de 2020

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *