Luiz Couto presta solidariedade a policiais perseguidos na PB

LUIZ COUTO 01
O deputado federal Luiz Couto (PT-PB) fez um pronunciamento no último dia 26 de novembro para prestar solidariedade a três policiais militares paraibanos que foram perseguidos pelo Comandante Geral da Polícia Militar do Estado, Coronel Euler Chaves por terem expressado a opinião deles sobre a custódia de presos aos hospitais da Paraíba.
O caso ganhou uma repercussão nacional e mereceu uma nota de repúdio da Associação das Praças Policiais da Ativa e Reformados do Estado de São Paulo — APPMARESP.

Os policiais militares punidos na Paraíba foram Robson Marques Xavier, 3° Sargento; Marcel Eugenio da Silva Francisco, Cabo PM; e Márcio Alexandre da Silva, soldado.

“Em todo o país, houve denúncias neste sentido, e na Paraíba, Estado que tenho orgulho de representar, não foi diferente. Porém, os policias que expuseram suas opiniões publicamente tiveram uma punição irregular do Comandante-Geral da Policia Militar”, declarou Luiz Couto, registrando seu reconhecimento ao mérito dos policiais militares que lutaram por seus direitos: “Eles hoje são parabenizados pela maioria dos colegas de farda, pois estes, além, de exercerem seus direitos constitucionais de liberdade de expressão, preservaram suas funções originárias ao exercício de policiamentos ostensivo a população”.

O deputado petista ainda repudiou a atitude do Comando Geral da Policia Militar da Paraíba, afirmando que “infelizmente tomou a pior decisão no momento”.

Por: Junior Queiroz em 3 de dezembro de 2015

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *