Filiações fortalecem na PB e PSB ganhou 26 prefeitos

edvaldo_rosas_entrevistaApesar da mudança no prazo para que os pretensos candidatos às eleições municipais de 2016 possam trocar de partido, várias cidades paraibanas viram seus prefeitos mudando de legenda. Só nos últimos 15 dias, a começar pelo prefeito da Capital, pelo menos 43 eleitos em 2011 não estão mais no partido. Além disso, houve a morte de dois chefes do Poder Executivo nesse período.

O fim do prazo, que antes da reforma política era no início de outubro, agora passa a ser no início do mês de abril. Mesmo assim, na Paraíba os partidos têm se organizado e os dirigentes têm realizado viagens para cidades do interior na tentativa de aproximar prefeitos e convencê-los da importância de tê-los na sigla em 2016.

O partido que mais ganhou prefeitos na Paraíba, foi o PSB, partido do governador Ricardo Coutinho. Foram 26 novos filiados que atualmente comandam prefeituras municipais no Estado. O presidente estadual da legenda, Edvaldo Rosas, acredita que a adesão de tantos gestores se deve a forma de governar do partido. Com o prazo estendido até o início de abril, o PSB tem apostado que este número ainda pode aumentar.

A adesão de prefeitos geralmente causa o fortalecimento do partido. O PSB, partido do governador Ricardo Coutinho, por exemplo, teve a filiação do prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, que deixou o PPS levando com ele cinco vereadores de sua base.

Por: Junior Queiroz em 19 de outubro de 2015

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *